Retorno de Dourado é incerto e direção analisa mercado para contratar mais um volante

0 5.403

Rodrigo Dourado enfrenta dores no joelho esquerdo desde o Gauchão. O capitão se desdobrou para atuar em jogos pela Libertadores. Em maio, uma artroscopia e com anuência do clube, o jogador fez uma cirurgia, embora os exames não tenham apontado algo mais sério. Mesmo assim, os médicos fizeram uma limpeza no joelho do volante.

No recesso para a Copa América, Dourado retornou aos treinos em Atibaia porém as dores não cessaram. Chegou a atuar contra o Palmeiras no jogo de ida, pela Copa do Brasil mas não suportou as dores. Fez tratamento para ter condições para o jogo da volta, mas ficou no banco e não foi mais aproveitado.

Rodrigo Lindoso assumiu a posição do capitão e foi a solução encontrada por Odair. Como não há garantias de que o retorno de Dourado seja logo e sem ter outro substituto à altura, além de Lindoso, a direção analisa o mercado para contratação de mais um volante. Rithely que poderia ingressar no time, ainda não teve uma atuação satisfatória.

Dentro de alguns dias, a nova parada de Dourado completará um mês e a esperança é que o jogador não sinta mais dores. Sessões diárias de fisioterapia são realizadas em dois turnos, à cargo dos fisioterapeutas. Após esse processo ainda há a preparação física. Porém até o momento, o volante não deixou de sentir dores.

É bem provável que o jogador não esteja 100% para enfrentar o Flamengo, daqui há duas semanas. A volta de Dourado é incerta e a torcida da direção é que Lindoso não apresente uma nova lesão.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.